Apresentação Pública de Veículo Florestal de Combate a Incêndios

No passado dia 24 de Junho teve lugar a Cerimónia de Apresentação Pública de um Veículo Florestal de Combate a Incêndios adquirido através do concurso POSEUR-10-2017-24 no âmbito da implementação de medidas de emergência em sete concelhos afetados pelo incêndio de Pedrogão Grande, tendo esta cerimónia contado com a presença de Sua Excelência o Sr. Secretário de Estado da Proteção Civil José Artur Neves.
Este veículo é um Renault D 14 P4x4 CCF 280 EURO 6 com 280 CV, 7700 CC e 14000KG, possui um tanque de água com 3200L+300L, com Cabine dupla de origem da marca do chassi e Rollbar no interior da cabine.
Vem também equipado com dois carretéis de mangueira, com sistema motorizado elétrico e uma bomba de serviço de incêndios GODIVA PRIMA P2A2010, de baixa e alta pressão, atingindo os débitos mínimos de 2.000 litros/min, a 10bar, e 250 litros/min, a 40bar.
É financiado a 85% através do Programa Operacional Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos, sendo os restantes 15% assumidos pelo Município da Sertã.

Cerimónia 24 de Junho de 2018

Para além da Cerimónia de Apresentação Púbica do Veículo Florestal de Combate a Incêndios, procedeu-se também ao Hastear da Bandeira no Quartel dos Bombeiros Voluntários de Cernache do Bonjardim e à habitual cerimónia junto à Estátua de D. Nuno Álvares Pereira.

De destacar também o Batismo de 5 novas viaturas:

VFCI 08 – Apadrinhado pelo Corpo Ativo desta Associação, representado pelo Chefe Abel Marcelino e tendo como patrono S. Nuno de Santa Maria.

VCOT 01 – Apadrinhado pela EDP distribuição na pessoa do Engº Catarino Alves, tendo como patrono S. Maximiliano Kolbe.

ABTM 10 – Apadrinhada pela D. Noémia Pires Serdeira Nunes, tendo como patrono Nossa Senhora da Esperança.

VDTD 17 – Apadrinhada pela Rádio Condestável nas pessoas do Sr. António Marques e Sr. Carlos Ribeiro, tendo como patrono Santo Condestável.

VDTD 18 – Apadrinhada pela Farmácia Farinha na pessoa do Dr. João Baptista, tendo como Patrono S. Cosme.

Donativo de Ambulância de Transporte de Doentes

O fundo solidário gerido pela Fundação Calouste Gulbenkian para apoiar as zonas afetadas pelo incêndio de junho de 2017, entregou no passado dia 11 de maio, uma ambulância de transporte de doentes não urgentes à Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Cernache do Bonjardim.

Este veículo irá colmatar uma das valências mais importantes da Associação, representando uma melhoria significativa do serviço de transporte de doentes, permitindo maior segurança e melhor conforto a todos os utentes.

A Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Cernache do Bonjardim agradece a todos os que tornaram possível este gesto, na pessoa da Engª Luísa Valle coordenadora deste fundo solidário.

Comunicado à população Incêndio de Junho de 2017

A Direção da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Cernache do Bonjardim vem no presente comunicado agradecer e prestar o mais profundo reconhecimento a todos os que de uma forma ou de outra contribuíram para debelar a trágica situação que vivemos nos últimos dias.
Em primeiro lugar aos nossos Bombeiros do Quadro Ativo, Quadro de Reserva e Quadro de Honra, que depois de mais de 24 horas de combate às chamas no inferno que se viveu em Pedrogão Grande e Figueiró dos Vinhos, se viram confrontados com semelhante inferno na sua “casa” e corresponderam de forma heroica e abnegada com os parcos meios de que dispunham.
Frise-se que estavam completamente sozinhos nas primeiras horas deste incêndio dado o empenhamento noutros teatros de operações dos nossos vizinhos que habitualmente nos auxiliam nestas circunstâncias, que estavam também eles com semelhantes dificuldades, e nos impossibilitou de ocorrer a todas as inúmeras solicitações e povoações afetadas.
Realça-se também que o incêndio entrou na área de atuação da nossa corporação em 3 locais distintos, praticamente em simultâneo, o que provocou uma grande necessidade de dispersão dos poucos meios de que dispunhamos por 3 frentes diferentes separadas por vários km’s e com difíceis acessos. Aos Grupos de Reforço que aqui ocorreram de todo o país e da vizinha Espanha, o nosso muito obrigado pelo trabalho fundamental que aqui realizaram para a resolução desta situação, nomeadamente aos GRIF’s de Santarém, Guarda, Lisboa e Beja, à UME (Unidad Militar de Emergencias) proveniente de Madrid e Leon e aos colegas do nosso Distrito que aqui realizaram um trabalho extraordinário.
Agradecemos vigorosamente à população o comprometimento no combate às chamas e que, na impossibilidade do nosso auxílio, defendeu com grande coragem pessoas e bens, a todos Vós o nosso bem-haja, pois mostraram a força, a raça, a coragem e determinação das nossas gentes.
À população que ocorreu de forma massiva ao Quartel e ao Centro Paroquial com bens alimentares, sumos, água e gelo e trabalhando na confeção de refeições e na receção dos donativos que nos chegaram das nossas gentes e de outros locais mais ou menos longínquos, como Oeiras ou Coimbra (a quem também prestamos um grande agradecimento) a nossa profunda gratidão por procurarem proporcionar aos Operacionais no terreno as melhores condições possíveis.
Não podemos também deixar de agradecer às Câmara Municipais da Sertã, Vila de Rei, Mação, Oleiros e Castelo Branco, pela disponibilização das suas máquinas de rastos que tiveram um papel preponderante neste complexo teatro de operações, bem como à ANPC e à GNR.
Por fim agradecemos a todas as demais entidades que colaboram connosco, de que destacamos particularmente, o Agrupamento de Escuteiros 721 de Cernache do Bonjardim, Paróquia de Cernache do Bonjardim, Junta de Freguesia do Castelo, União de Freguesias de Cernache do Bonjardim, Nesperal e Palhais, Câmara Municipal da Sertã e à Rádio Condestável por servir como sempre a nossa causa, como porta-voz dos Bombeiros nos nossos pedidos de auxílio e pela informação preciosa passada às populações sobre a evolução das diversas ocorrências.

A todos vós o nosso bem-haja.